Generic placeholder image
Generic placeholder image
Facebook

Educação

Aulas são suspensas nas escolas estaduais de Minas Gerais nesta segunda-feira

Aulas são suspensas nas escolas estaduais de Minas Gerais nesta segunda-feira

O Governo de Minas Gerais, através da secretária de Estado da Educação, publicou uma nota oficial na manhã deste domingo (27), alegando que não haverá aulas nesta segunda-feira (28), na rede Estadual de Ensino. A decisão do Governo Estadual se deve a greve Geral dos Caminhoneiros em todo Brasil. As dificuldades devido ao desabastecimento de combustível no estado também foi um fato importante na decisão do Governo do Estado de Minas Gerais. Essa e a segunda nota divulgada pelo estado na última quinta-feira (24), o estado já havia informado sobre a suspensão das aulas na última sexta-feira (25). Em relação as escolas da rede Municipal as aulas seguem normalmente nesta segunda-feira (28), conforme informação do Secretário Municipal de Educação Émerson Caixeta.

JUSTIÇA NA ESCOLA - Reunião no Plenário da Câmara marca retomada do planejamento de ações para o programa no ano de 2018.

JUSTIÇA NA ESCOLA - Reunião no Plenário da Câmara marca retomada do planejamento de ações para o programa no ano de 2018.

Na tarde da última sexta-feira (9), o Juiz de Direito da Vara Criminal, da Infância e Juventude, Dr. Serlon Silva Santos, reuniu lideranças escolares e parceiros do Programa Justiça na Escola em uma reunião, que aconteceu no Plenário da Câmara Municipal, para uma oitiva dos contornos do programa delineados até o momento e apresentação do planejamento de ações para o ano de 2018.

A Superintendência Regional de Ensino e Secretaria Municipal de Educação, dividiram as escolas em grupos de mesmo perfil para escolha de um representante, que apresentou um relatório com os resultados do Programa em cada realidade da comunidade escolar referente ao período de execução do Programa.

Durante a oitiva foram salientados os pontos positivos e os ajustes que podem ser aprimorados no Programa para o exercício de 2018. Também foram apresentadas diversas sugestões, como palestras direcionadas por faixa etária, e encaminhamento das necessidades dos bairros e regiões onde estão situadas as escolas.

Foi unânime entre os diretores que a iniciativa do Judiciário trouxe benefícios para os educandários, através do diálogo e aproximação, que até então não eram proporcionados aos gestores.

Além do Juiz Dr. Serlon, participaram da solenidade o Presidente da Câmara, o Vereador Thiago Malagoli, Dra. Monique Mosca, Promotora da Infância e Juventude, o representante do 46º Batalhão da Polícia Militar, Tenente Helder e o Chefe de Instrução do TG 04 020, Subtenente Rodney Pereira.

Ascon/PMP

Enem 2018

Enem 2018

O edital será publicado em 21 de março e as inscrições serão realizadas de 7 a 18 de maio. Como anunciado no ano passado, os participantes com direito a isenção que faltaram ao Enem 2017 deverão justificar a ausência para garantir a manutenção da isenção no Enem 2018.

Nota do Enem é liberada para consulta Com a nota, candidato pode disputar vaga em universidade pública

Nota do Enem é liberada para consulta Com a nota, candidato pode disputar vaga em universidade pública

Os participantes do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2017 já podem conferir as notas. Para isso, o candidato deve acessar a "página do participante" e realizar login (CPF e senha). O site, desde às 11h, apresenta instabilidade. Portanto, o participante deve ter paciência para conferir o resultado. Com a nota do Enem, o candidato pode disputar uma vaga em universidade pública, que tenha aderido ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que foi antecipado para os dias 23 a 26 de janeiro. Fonte: O Tempo

A Secretaria Municipal de Educação esclarece

A Secretaria Municipal de Educação esclarece

Alunos, pais e responsáveis que seguindo a programação previamente definida, as aulas da Rede Municipal de ensino se iniciarão no dia 05 de fevereiro, diferente da Rede Estadual, que somente retorna às atividades no dia 19. De acordo com o secretário municipal de Educação, Emerson Caixeta, a decisão foi tomada por questões de organização administrativa e pedagógica.