Generic placeholder image
Generic placeholder image
Facebook

Mundo

Países comemoram suspensão de testes nucleares pela Coreia do Norte

Países comemoram suspensão de testes nucleares pela Coreia do Norte

A Coreia do Sul, a China, os EUA e o Reino Unido foram algumas das potências mundiais que celebraram a decisão da Coreia do Norte de fechar seu centro de testes nucleares.

A suspensão dos testes e a interrupção de lançamentos de mísseis balísticos intercontinentais foram anunciadas dia (20) pelo líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un. O anúncio foi veiculado pela agência de notícias oficial norte-coreana KCNA.

Neste sábado (21), o governo da Coreia do Sul classificou o anúncio de um “progresso significativo” para desnuclearização da Coreia do Norte. Em um comunicado enviado pelo gabinete presidencial sul-coreano, Seul considerou que "a decisão da Coreia do Norte é significativa para a desnuclearização da península coreana" e disse, além disso, que “ajudará a criar um ambiente muito positivo para o sucesso das próximas cúpulas intercoreana e entre o Norte e Estados Unidos”.

O governo chinês, por meio de um comunicado publicado pelo Ministério das Relações Exteriores, destacou que a “China acredita que a decisão da Coreia do Norte ajudará a melhorar a situação na Península”, por isso “dá boas-vindas” a este movimento.

O Ministério de Relações Exteriores britânico divulgou um comunicado neste sábado no qual considerou o anúncio da Coreia do Norte como "um passo positivo". O texto acrescenta que o Reino Unido segue "comprometido a trabalhar com seus parceiros internacionais" para atingir o objetivo "de uma desnuclearização completa, verificável e irreversível" da península da Coreia e fazer isso "através de meios pacíficos".

Já a Rússia qualificou de um "passo importante" para a distensão na península coreana, segundo informou o Ministério de Relações Exteriores em comunicado. Moscou disse esperar que a situação se desenvolva "de forma positiva" e "em consonância com o 'roteiro ' proposto pela Rússia e a China". A chancelaria lembrou que esse documento prevê a suspensão das atividades militares na região e o estabelecimento dos contatos diretos entre Pyongyang, Seul e Washington.

Por outro lado, Moscou pediu aos EUA e à Coreia do Sul que respondam com reciprocidade e tomem medidas "adequadas" para conseguir resultados mutuamente aceitáveis nas próximas cúpulas bilaterais.

EUA

Os comentários de Coreia do Sul, China e Reino Unido ocorrem após manifestações do presidente dos EUA, Donald Trump, que em uma rede social chamou o anúncio da Coreia do Norte de "muito boa notícia" e de "grande progresso" tanto para o país asiático como para o mundo.

Dentro de uma semana, em 27 de abril, está previsto um encontro entre Kim Jong-un e o presidente sul-coreano, Moon Jae-in, na militarizada fronteira entre as duas Coreias, no que será a primeira reunião entre governantes coreanos em 11 anos.

Está previsto também, para entre o final de maio e começo de junho, outra reunião de cúpula entre o líder norte-coreano e Trump, a primeira da história entre os líderes de Coreia do Norte e EUA.

Com informações da Agência EFE

China denuncia EUA na Organização Mundial do Comércio por tarifas

China denuncia EUA na Organização Mundial do Comércio por tarifas

A China apresentou nesta quinta-feira (5) perante a Organização Mundial do Comércio (OMC) uma denúncia formal contra os Estados Unidos pelas tarifas que Washington impôs no valor de US$ 50 bilhões sobre as importações chinesas. A informação é da EFE.

"A China solicitou consultas com os EUA sob o Mecanismo de Resolução de Disputas da OMC a respeito das medidas tarifárias americanas sobre certos bens chineses", afirmou a Organização Mundial do Comércio em comunicado.

* É proibida a reprodução total ou parcial desse material. Direitos Reservados.

 Fonte: Agência EFE

Polícia confirma tiroteio na sede do YouTube na Califórnia

Polícia confirma tiroteio na sede do YouTube na Califórnia

Hospital em São Francisco está recebendo vítimas do incidente, diz a imprensa local. Ainda não há um número confirmado de vítimas


Patrocínio Notícias - Thatiane Resende de Castro


São Paulo – A polícia está atendendo uma ocorrência envolvendo um atirador na sede do YouTube, que fica em San Bruno, na Califórnia (EUA), cidade localizada nas proximidades de São Francisco. A empresa pertence à Alphabet, que é a dona do Google.

No Twitter, a polícia de San Bruno pediu que as pessoas não se aproximem do local e alertou que a ocorrência está “em atividade”.

San Bruno Police@SanBrunoPolice
Ver imagem no Twitter
San Bruno Police@SanBrunoPolice
Police activity at 901 Cherry Ave, please stay out of the area.

Segundo a rede de notícias CBS, pessoas feridas em decorrência do incidente estão sendo encaminhadas para um hospital em São Francisco. Ainda não há um número confirmado de vítimas.

Um funcionário da empresa ouvido pela agência Reuters, relatou estar em uma reunião no momento em que ouviu pessoas correndo e tumulto pelos corredores no início da tarde desta terça-feira. Outro funcionário relatou ter ouvido tiros e disse que está sendo evacuado do prédio pela polícia.

Drones armados e ataques suicidas: novas ameaças do Estado Islâmico à Copa 2018

Drones armados e ataques suicidas: novas ameaças do Estado Islâmico à Copa 2018

Estado Islâmico promete usar drones armados na Copa 2018

A segurança é prioridade na Copa 2018 , principalmente diante das muitas ameaças do Estado Islâmico. O grupo extremista já avisou que voltará suas atenções ao Mundial da Rússia e, inclusive, fez montagens “degolando” jogadores famosos, como Messi, Neymar e Cristiano Ronaldo.

E o Estado Islâmico continua colocando medo na organização da Copa do Mundo. Segundo o diário The Mirror, alguns radicais já detalharam planos de ataque em território russo com algumas inovações tecnológicas, utilizando drones armados próximos aos estádios que rebecerão jogos.

Estado Islâmico promete aterrorizar a Copa do Mundo

Algumas dessas imagens foram compartilhadas em comunicadores online e divulgadas nas redes sociais.

Nessas mensagens, o grupo radical também alertam que pretendem usar seus membros em ataques suicidas, seja com bombas em seus corpos ou até mesmo via aérea, em aviões de médio ou grande porte.

Mais ameaças do Estado Islâmico


Estado Islâmico divulgou imagem com a Arena de Volgogrado ao fundo
Reprodução: Estado Islâmico divulgou imagem com a Arena de Volgogrado ao fundo

O grupo terrorista publicou recentemente imagem de um de seus integrantes armado, em frente à Arena Volgogrado, palco de jogos na Copa. 

Além disso, Messi, Neymar e Cristiano Ronaldo foram alvos do grupo ao aparecerem sendo “torturados”. Essas imagens foram divulgadas pelo SITE Intelligence Group, um portal que monitora a atividade dos jihadistas na internet.

“Nossas palavras são o que vocês veem, não o que vocês ouvem. Então esperam. Nós estamos esperando também”, dizia o texto na imagem. De acordo com o Intelligence Group, o EI tem feito mais propagandas para possíveis ataques terroristas durante o Mundial.

IG

Ex-presidente da Catalunha é detido pela polícia da Alemanha

Ex-presidente da Catalunha é detido pela polícia da Alemanha

 

Desde outubro Puigdemont está foragido na Justiça espanhola, quando declarou, de maneira unilateral, a independência da Catalunha. Na última sexta-feira (23) ele foi acusado de rebelião e, por isso, pode ser condenado a até 30 anos de prisão. Além disso, o ex-presidente também é investigado por uso indevido de verba pública e outros crimes.

Ao ser acusado formalmente pelo juiz do Supremo Tribunal da Espanha de rebelião, foi reativada uma ordem de detenção europeia, que obriga outros países do mesmo bloco econômico a cumpri-la.

Entre os aliados do primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, a chanceler alemã Angela Merkel é a mais próxima, sendo defensora das medidas contra o separatismo catalão, entre elas, a dissolução do governo regional e a destituição de Puigdemont.

Até o momento não há muitas informações sobre a detenção ou prazos de extradição, caso seja essa a opção da Alemanha. Além dele, outros cinco líderes da Catalunha foram presos em Madri na sexta-feira. No total, 13 pessoas foram acusadas de rebelião.

Puigdemont estaria se deslocando para a Bélgica, pela ausência em sua legislação de um crime semelhante à de rebelião. No entanto, como foi pego na Alemanha, onde o Código Penal prevê pena de dez anos à prisão perpétua a quem “sabotar a existência contínua da República Federal” ou “modificar a ordem constitucional”, o mais provável é que Berlim extradite o ex-presidente catalão.

Desistência da presidência

No início deste mês, o ex-líder decidiu retirar provisoriamente sua candidatura ao segundo mandato do cargo mesmo depois de  sair vitorioso nas eleições legislativas locais desde a intervenção de Madri.

A decisão causou um revés ao movimento separatista da Catalunha. Ao desistir de se eleger, Puigdemont indicou Jordi Sànchez, um líder separatista preso por aos seus esforços secessionistas no ano passado.

Segundo ele, “nas atuais condições, esta é a maneira para que se possa acertar um novo governo o mais rapidamente possível”.

Puigdemont foi um dos principais responsáveis pelo movimento que resultou em uma declaração unilateral de independência feita pelo Parlamento catalão em outubro do ano passado.

IG

ANISTIA INTERNACIONAL PEDE INVESTIGAÇÃO RIGOROSA DA MORTE DE MARIELLE

ANISTIA INTERNACIONAL PEDE INVESTIGAÇÃO RIGOROSA DA MORTE DE MARIELLE

A Anistia Internacional afirmou que "não podem restar dúvidas a respeito do contexto, motivação e autoria do assassinato".

A Anistia Internacional publicou no Facebook, nesta quinta-feira (15), uma nota pedindo "investigação imediata e rigorosa do assassinato" da vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ), registrado no Rio de Janeiro, nessa quarta-feira (14). O movimento destacou que a parlamentar era reconhecida "por sua histórica luta por direitos humanos, especialmente em defesa dos direitos das mulheres negras e moradores de favelas e periferias e na denúncia da violência policial".

Nota da Anistia Internacional sobre a morte de Marielle:

Assassinato da vereadora Marielle Franco

A vereadora foi morta a tiros na noite dessa quarta-feira (14), dentro do carro em que seguia para casa. O homem que dirigia o carro que levava a vereadora também morreu baleado.

Há oito dias, Marielle, que acompanhava na condição de vereadora a intervenção federal, como forma de coibir abusos das Forças Armadas e da polícia a moradores de comunidades, recebeu denúncias envolvendo PMs que patrulham a Favela de Acari, na zona norte do Rio. Moradores contaram, na primeira reunião do Observatório da Intervenção, no Centro de Estudos de Segurança e Cidadania (Cesec), da Universidade Candido Mendes, que dois homens foram assassinados por policiais e tiveram os corpos jogados num valão. Segundo estes moradores, a PM vem se sentindo "com licença para matar" por conta da intervenção.

JC 
PATROCÍNIO NOTÍCIAS

MORRE STEPHEN HAWKING - O físico britânico que revolucionou a Ciência e nossa maneira de entender o Universo

MORRE STEPHEN HAWKING - O físico britânico que revolucionou a Ciência e nossa maneira de entender o Universo

Autor de grande parte das descobertas da astrofísica moderna tinha 76 anos de idade. Doença degenerativa não impediu que ele revolucionasse a compreensão humana sobre o universo.O físico britânico Stephen Hawking morreu nesta quarta-feira (14/03) aos 76 anos de idade, em sua casa em Cambridge, informou sua família em comunicado.

O que havia antes do Big Bang e da aparição do Universo, segundo Stephen Hawking

O que existia antes do Big Bang? Stephen Hawking responde

O cientista, conhecido por seu trabalho na área da relatividade, é autor de grande parte das descobertas da astrofísica moderna, como a nova teoria do espaço-tempo e a radiação dos buracos negros.

"Estamos profundamente tristes com a morte do nosso amado pai no dia de hoje. Foi um grande cientista e um homem extraordinário, cujo trabalho e legado permanecerão por muitos anos", escreveram os filhos do cientista, Lucy, Robert e Tim.

Hawking é um dos cientistas de maior destaque desde o físico alemão Albert Einstein, o autor da teoria da relatividade. Nascido em Oxford, no dia 8 de janeiro de 1942, em uma família de intelectuais, ele iniciou seus estudos em em 1959 na Universidade de Oxford, e obteve seu doutorado em Física Teórica e Cosmologia em Cambridge.

Big Bang e Teoria de Tudo

Após conseguir seu doutorado, Hawking se dedicou à pesquisa e ao ensino ensino na faculdade de Gonville e Caius. Em 1977, ingressou no Departamento de Matemática Aplicada e Física Teórica de Cambridge, onde foi professor de Física Gravitacional.

Três anos depois, chegou a titularidade da cátedra Lucasiana de Matemática Aplicada e Física Teórica, a mais importante de Cambridge, que foi ocupada por Isaac Newton em 1663.

Seu trabalho tinha como objetivo desvendar as leis que governam o universo. Junto com seu colega Roger Penrose, Hawking mostrou que a teoria da relatividade implica que o espaço e o tempo devem ter um ponto inicial, que denominou Big Bang, e um final, dentro dos buracos negros.

Nos anos 1970, ele descobriu que a combinação das leis da mecânica quântica e da relatividade geral evitariam que os buracos negros fossem completamente negros, uma vez que emitiam uma radiação, que passou a ser conhecida como "radiação Hawking".

Como professor de matemática na universidade de Cambridge, Hawking participou de uma das mais importantes pesquisas na área da física, sobre a chamada "Teoria de Tudo", que resolveria as contradições entre a teoria geral da relatividade - que descreve as leis da gravidade que determinam o movimento de corpos como planetas - e a teoria da mecânica quântica, que lida com partículas subatômicas.

Hawking chegou a afirmar que a Teoria de Tudo permitiria à humanidade "conhecer a mente de Deus". O nome pesquisa foi utilizado no título de um filme de 2014 que retrata a vida pessoal e acadêmica do cientista.

"Uma Breve História do Tempo"

Hawking revolucionou a física com as suas teorias do espaço-tempo, o Big Bang e a radiação dos buracos negros, resumidos em Uma Breve História do Tempo. O livro teve mais de 25 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo.

A obra serviu como base para uma série de televisão da BBC, onde o cientista trabalhou 1993 e 1996, chamada Into the Universe with Stephen Hawking ("Dentro do Universo com Stephen Hawking", em tradução livre).

Outro livro de sua autoria, O Universo Numa Casca de Noz, explica conceitos como a supergravitação, singularidade nua e a possibilidade de um universo com onze dimensões.

Hawking sofre esclerose lateral amiotrófica (ELA) desde os 21 anos e surpreendeu os médicos ao passar dos 50 anos de idade. A doença se caracteriza pela degeneração dos neurônios motores, as células do sistema nervoso central que controlam os movimentos voluntários dos músculos.

Em 1985, uma grave pneumonia fez com que ele tivesse de respirar por um tubo, o que o forçou a se comunicar através de um sintetizador de voz eletrônico. Porém, nada disso impediu Hawking de continuar a desenvolver suas pesquisas e se casar pela segunda vez. Desde 2005, ele se comunicava movendo apenas um músculo sob seu olho que acionava o sintetizador de voz.

"Sua coragem e persistência, seu brilho e humor inspiraram pessoas em todo o mundo", disseram seus filhos após a morte do cientista."Ele disse um dia que 'este não seria um grande universo se não fosse a casa das pessoas que amamos'", acrescentaram.

RC/efe/rtr

Por Thatiane Resende de Castro
PATROCÍNIO NOTÍCIAS